Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



Visitantes


Contador gratis

Visitantes Online

Usuários online usuários online

Pesquisar

 


A Viagem à Holanda...

por eduespecialarmamar, Terça-feira, 04.12.12

Era uma vez….

O título faz lembrar uma proposta de férias, mas desenganem-se aqueles que assim pensaram.

O texto é de Emily Knisley, que escreve, frequentemente, sobre a experiência de dar à luz uma criança com deficiência, no intuito de ajudar as pessoas que passam por esta experiência e fazer com que as outras, através de simples palavras consigam imaginar o que é viver e cuidar de uma pessoa deficiente.

Aqui fica o texto:

 

“Ter um bebé é como planear uma fabulosa viagem de férias - para a ITÁLIA!

Compro todos os guias e faço planos maravilhosos!

  • O Coliseu…
  • O David de Miguel Ângelo…
  • As gôndolas em Veneza…

Compram-se alguns dicionários e aprendem-se algumas frases em italiano. É tudo muito excitante. Após meses de preparação, finalmente chega o grande dia! Arrumam-se as malas e embarca-se na viagem de sonho. Algumas horas depois o avião aterra. O comissário de bordo chega e diz:

 - BEM-VINDO À HOLANDA!

Holanda?! (pergunto eu), como vim parar à Holanda!?

Eu escolhi Itália!

Eu devia ter chegado a Itália!

Sempre sonhei em conhecer a Itália…

Mas houve uma mudança no plano de voo. Eles aterraram na Holanda e é lá que deve ficar. A coisa mais importante é que não te levaram para um lugar horrível, desagradável, cheio de fome e doença. É apenas um lugar diferente. Portanto, deve sair e comprar novos guias, deve aprender novas frases e, vai conhecer, de certeza, novas pessoas que nunca encontrou antes.

É apenas um lugar diferente. É mais baixo e menos ensolarado que a Itália. Mas, após alguns minutos, pode respirar fundo e olhar em redor... E vai aperceber-se que a Holanda também tem os seus encantos!

  • Tem moinhos de vento…
  • Tem magníficos campos de tulipas…
  • Tem Rembrants e Van Goghs.

 

Mas, todos os que conhece estão ocupados, indo e vindo da Itália...

Estão sempre a falar dos momentos encantadores que por lá passaram…

Durante toda a vida pensarei: "Sim, era lá que eu deveria estar, pois foi o que eu planeei…"

E a dor que isso causa nunca, mas nunca passará, porque a perda desse sonho é uma perda considerável.

Porém... se passar a vida a pensar porque não foi para Itália, o seu destino de sonho que tanto planeou, nunca estará pronto para apreciar as coisas belas e muito especiais... que há na Holanda.

                                                                                                                        (Escrito por Emily Perl Knisley e adaptado pelo grupo da Educação Especial)

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por eduespecialarmamar


Comentários recentes